ACESSO CLIENTE »

Notícias »

Inadimplência de pessoa física sobe em maio e é a maior em sete meses

imagem da noticia

  A taxa de inadimplência das pessoas físicas, nos empréstimos bancários com recursos livres (sem contar crédito habitacional e rural, entre outros), subiu de 6,5% em abril para 6,7% em maio deste ano, informou o Banco Central nesta quarta-feira (25).

  Trata-se do primeiro aumento da taxa de inadimplência das pessoas físicas com recursos livres desde dezembro do ano passado. Com a elevação, a taxa ficou no maior patamar desde outubro de 2013, quando estava em 6,8%.

  "Foi uma primeira alta depois de vários meses de queda ou estabilidade em um patamar próximo do piso [histórico]. É prematuro tentar buscar algum fator que esteja por trás deste movimento [de aumento da inadimplência em maio]. É preciso aguardar para ver se realmente é uma alta, ou se apenas um movimento marginal", declarou o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel.

  O aumento da taxa de inadimplência dos bancos acontece em um ambiente de alta dos juros bancários. Para pessoa física, a taxa cobrada das instituições financeiras de seus clientes registrou, em maio, o maior patamar em quase três anos.

Inadimplência total de empresas

  Já a taxa de inadimplência das operações dos bancos com as empresas, ainda no segmento com "recursos livres", também subiu em maio deste ano, quando atingiu 3,5%. Em abril, estava em 3,3%. Com isso, atingiu o maior patamar desde maio do ano passado (3,7%).

  Considerando a taxa total de inadimplência, que engloba operações com as pessoas físicas e empresas, ainda nas operações com "recursos livres", houve aumento de 4,8% em abril para 5% em maio - o maior patamar desde setembro do ano passado, quando estava em 5,1%. Nesse caso, não são considerados o crédito habitacional, rural e operações do BNDES.

 Metodologia

  O Banco Central mudou, no início de 2013, a forma de calcular os dados de inadimplência e, ao mesmo tempo, desativou a série histórica que vigorava anteriormente (com outra metodologia). Os novos registros começaram a ser divulgados em março de 2011. Com isso, estão disponíveis somente dados de dezembro dos últimos três anos (2011, 2012 e 2013).

Fonte: G1 Globo.

Publicada em: 27/06/2014 10:05

Rua Dona Francisca, 8.300, Bloco L, Sala 20
Distrito Industrial, Joinville SC. Veja no mapa»

Fale Conosco:
47 3028-7574

Facebook Twitter Linkedin